segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Escovando os dentes

Não, não é assim que a Denise faz pra escovar os dentes, mas tá quase lá...
Amigas (e amigos) que seguem o Mamãe Pediatra, ontem escrevi este post sobre a recomendação de uso de cremes dentais com flúor para crianças, porém, esqueci de um detalhe muito, muito importante:

Como toda recomendação, ela tem seus prós e seus contras. Como não sou odontopediatra, prefiro seguir a orientação de quem estudou para ser um. A Denise tem uma odontopediatra e, neste momento, a orientação é manter o uso de creme dental sem flúor, pois ela recebe o complemento com flúor uma vez a cada 3 meses, no consultório.

Por causa disso, optei por retirar a informação de ontem e por frisar algo que nunca devemos esquecer: o principal para evitar cáries é evitar o consumo de açúcar no primeiro ano de vida e incentivar a escovação dos dentinhos desde cedo, com escovas de cerdas macias.

Só para responder a uma pergunta e mostrar por que eu tirei a informação anterior: os cremes dentais com 1100 ppm de flúor são os nossos. O Sensodyne que uso tem essa concentração.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Creminhos, creminhos

Creminhos, muitos creminhos
Outro dia, recebi um e-mail de uma representante de uma agência de publicidade que cuida dos produtos Cetaphil, da Galderma Brasil. Como eu já havia comentado, a Denise tem dermatite atópica e faz uso do Cetaphil Advanced, de duas a três vezes ao dia, que foi um dos cremes receitados pela dermatologista.

Então, ela gentilmente nos enviou amostrinhas do sabonete e do creme hidratante Cetaphil RestoraDerm, uma linha criada especificamente para atópicos (alérgicos) - na verdade, o que a dermatologista receitou FOI o RestoraDerm, mas o bolso doeu um pouco quando fui fazer a troca do Advanced pelo RestoraDerm.

Levei tudo para a casa da vovó no feriado, para fazer a prova de fogo, já que um dos fatores desencadeantes da dermatite da mocinha é o frio. E gostei muito do que vi:

- O creme não tem perfume (o sabonete tem, mas é bem suave);
- É mais espesso do que o Advanced, mas é muito fácil de espalhar;
- É absorvido mais rapidamente, então não meleca a roupa (passei no mesmo horário de sempre, após o banho, que é quando os poros estão abertos e a pele está úmida);
- Usei uma vez ao dia e não observei exacerbação da dermatite.

Resultado: realmente é um creme apropriado e adaptado para a pele de atópicos, não tem perfume, mas não tem o cheiro esquisito que os cremes hipoalergênicos sem perfume costumam ter. O problema dele ainda é o preço, pois o recomendado para o sabonete é R$70,00 (R$89,50 na internet) e, para a loção hidratante, R$98,00 (R$125,00 na internet).

* O fato de um produto aparecer em um post deste blog significa que ele foi usado pela autora, que não aconselha seu uso sem indicação médica (quando necessário), e não se trata de propaganda paga*. 

sábado, 5 de novembro de 2011

Novo site da Sociedade Brasileira de Pediatria

Mas, desta vez, não é um site direcionado aos pediatras, mas a quem cuida do nosso público-alvo: VOCÊS, papais e mamães!

O site Conversando com o Pediatra traz informações úteis para os pais e cuidadores, indo desde a consulta pré-natal (sim, existe a consulta pré-natal com o pediatra) e a adolescência. Vale a pena conhecer e guardar o endereço nos Favoritos.

Conversando com o Pediatra

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Meningo o quê?

Quem é de Campinas sabe que estamos passando por surtos de doença meningocócica neste ano de 2011 (o que não configura epidemia, gente, calma!). E, portanto, também sabe que as dúvidas sobre meningite, doença meningocócica, vacinação, quimioprofilaxia (nada a ver com quimioterapia) e tratamento se instalam na mesma velocidade que o pânico.

A Doença Meningocócica (DM) é causada pela bactéria Neisseria meningitidis, que é classificada em diversos sorogrupos. Atualmente, o sorogrupo mais prevalente no Brasil é o C.

No início da doença, os sintomas são inespecíficos, com febre, mal-estar, prostração (criança muito quietinha), progredindo rapidamente para dor de cabeça, rigidez de nuca, vômitos em jato (acredite, quando você vir uma criança vomitando em jato, você terá certeza de que aquilo é em jato). Podem surgir manchas avermelhadas ou vinhosas pelo corpo, mas você sempre terá uma queda do estado geral mesmo que a temperatura corporal esteja normal (novamente, criança muito quietinha, largada no colo da mãe).

O diagnóstico de certeza é feito pelo exame do líquido céfalo-raquidiano (LCR), coletado por punção lombar, que, se for certeira, é INDOLOR. Eu posso dizer isso porque já tive LCR coletado e eu juro que NÃO DOEU. Dói quando a criança se mexe muito e o pediatra erra o local, por isso é importante que a pessoa que esteja auxiliando esteja calma e consiga segurar a criança direito.

Se a meningite for bacteriana, é necessário isolamento (sim, isolamento. Quarto privativo, com mãe usando máscara junto da criança) nas primeiras horas de tratamento e uso de antibiótico intra-venoso. O que acontece é que a maioria das meningites são virais, de tratamento de suporte (hidratação e repouso), graças a Deus.

Mesmo se for bacteriana, existem outras bactérias que causam meningite: o Streptococcus pneumoniae (que também causa pneumonia), o Haemophilus influenzae tipo B e outras bactérias que causam meningite no período neonatal. Todas essas exigem tratamento com antibiótico. Como o meningococo pode se instalar na nasofaringe das pessoas, o paciente, os familiares próximos (que moram na mesma casa) e os contactantes íntimos (que ficam muitas horas por dia junto com o paciente) devem receber quimioprofilaxia com antibiótico específico (rifampicina) para evitar nova doença.

Felizmente, três delas são preveníveis por vacinas disponíveis na rede básica do SUS: o pneumococo (vacina Pneumo 10-valente), o HiB (inclusa na vacina tetravalente) e o meningococo (vacina meningocócica C). Como essas vacinas também estavam disponíveis na rede privada há anos, muitas crianças são vacinadas. Se fizeram o esquema completo, não há necessidade de novo reforço no momento, salvo orientação em contrário do Ministério da Saúde.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...