segunda-feira, 30 de julho de 2012

Enfim, o passaporte

Sim, esse é o passaporte da fofa.
Enfim, depois de quase 1 mês, consegui pegar o passaporte da filhote. O meu e o do marido ficaram prontos em 7 dias, mas o dela... afe. Caiu sistema, voltou sistema, venceu protocolo, tive que fazer outro, até que semana passada ele ficou pronto.

Agora é só começar o processo do VISTO pra poder levar a tropa pra Disney (quando, não sei, mas pra planejar precisamos do visto). Nisso vêm as maravilhosas pérolas... porque ela tem um cofrinho onde colocamos todas as moedas da casa (fiz uma limpa nele, tirei 14 reais), não importa de onde elas vêm. Aí, além dos 14 reais, tinha 3 dólares.

- Olha, essas moedas aqui são pra sua viagem pra Disney.

(horas depois)

- Batian, esse cofrinho é pra eu ir pra Disney.

Óbvio que a minha mãe não entendeu nada...

terça-feira, 24 de julho de 2012

O desmame

Céus, eu preciso achar uma dessas pra fofa de casa...
Conforme prometido, depois de postar sobre isso no tumblr e com a criancinha na escola, é hora de escrever com mais detalhes sobre o desmame do bichinho.

Como tudo aqui em casa, respeitamos a vontade do ser. Claro que o esquecimento deu uma ajuda nisso, porque tudo começou quando ela esqueceu de mamar num sábado. O pai guardou o mamá dentro da geladeira e à noite, ela pediu. No domingo, saiu tão feliz pro mercado que esqueceu de novo. Foi a deixa: cheguei pra ela na hora do mamá e perguntei:

"Você quer leite no mamá ou no copo?"

"No copo."

Então, como ela tem a mania de repetir as últimas palavras de uma frase, tentei de novo:

"No copo ou no mamá?"

"No copo."

E como ela não é boba, ganhou seu leite no copo com chocolate, porque desde sempre eu aviso que, com chocolate, não entra no mamá. 

Resultado: valeu a pena ir contra tudo e contra todos quando resolvemos não colocar chocolate na mamadeira (sim, ouvi várias vezes a frase "coitadinha da menina, merece um chocolatinho no leite"), porque virou nossa moeda de troca. Para ganhar com chocolate, só largando a mamadeira. E deu certo. :D

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Paciência, mãe, paciência...

Depois da fase do "por quê", do "não", vem a fase do "tô com medo" e do "buaaaaaaaaaaaa acabou". Nisso, aprendi mais uma lição que a faculdade não ensina: mãe tem que ter muita, mas muita paciência MESMO, porque é acabar uma fase difícil pra vir outra mais difícil ainda.

Mas sempre a paciência retorna quando aparece aquele sorriso lindo e o chamado "mamanhê"... *derrete*

E mais uma amiga pediatra começou a trilhar o caminho das pedras, quero dizer, da maternidade :) Confiram aqui: Cartas Brasilienses.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Testando...

Estou testando uma nova plataforma para o Mamãe Pediatra, o Tumblr. 

Isso não significa que o mamaepediatra.blogspot.com.br será desativado (pelo menos, não agora), pois ele será mantido para postagens longas. O Tumblr será usado para aquelas postagens curtinhas, para avisos de coisas legais e até mesmo para avisos de matérias mais longas postadas no Blogger.

O perfil mamaepediatra.tumblr.com ainda está em construção, mas quem for curioso já pode dar uma olhadinha. :D

sábado, 7 de julho de 2012

Preparando para conhecer as princesas


Erm... bem... quase.

Não estamos programando nenhuma viagem à Disney nos próximos 12 meses, mas como o meu passaporte e o do papai vencem em novembro deste ano, decidimos tirar outros e já aproveitar a ida ao posto da Polícia Federal para tirar o da criaturinha junto.

Então, em março deste ano (sim, MARÇO. Eu comecei toda essa confusão em MARÇO) entrei no site da Polícia Federal e fui juntando a documentação, pagando taxas e agendando datas.

1º passo: entre no site da PF e junte a documentação.

Para mim, foi necessário:
  • RG
  • CPF
  • Certidão de casamento (acrescentei o sobrenome do maridão)
  • Título de eleitor com os comprovantes das duas últimas votações OU certidão da Justiça Eleitoral dizendo que está quite com suas obrigações
  • Guia GRU paga COM COMPROVANTE DE PAGAMENTO. Não serve aquele papelzinho escrito "pagamento agendado".
  • Passaporte anterior
Para marido, precisei de:
  • RG
  • CPF
  • Documento que comprove estar quite com a situação militar (no caso, certificado de dispensa de incorporação). Meu, preencher isso no formulário de passaporte é prova de paciência. Nada no site da PF explica o que significa cada número naquele negócio, então a minha sugestão é ler esta página da Wikipedia com muita, muita atenção. 
  • Título de eleitor com comprovantes
  • Guia GRU paga
  • Passaporte anterior
E, para a criança...
  • RG ou certidão de nascimento (tanto faz o modelo)
  • CPF do responsável
  • AUTORIZAÇÃO dos pais para EMISSÃO DE PASSAPORTE. Nós fomos bem paranóicos e fizemos com firma reconhecida por autenticidade (aquela que se faz assinando no próprio cartório), mas pelo o que vi, poderia ter sido com assinatura simples no próprio posto. Só que... no cartório, a pessoa que nos atendeu disse que não precisava levar autorização nenhuma. Ou seja, desinformada sim, atrapalhar os outros, não, né?
  • Foto 5x7 recente, sem data, com fundo branco, por ser menor de 3 anos (já imaginaram o que seria tirar a foto da madame na hora, depois de 1 hora de espera? Tá doido?)
  • Guia GRU paga
  • A criança. Sim, tem que levar a criança no dia do agendamento (e agendar um horário para ela).
2º passo: preencha o formulário no site da PF. Não é difícil, o que mata é a parte do certificado de dispensa de incorporação...

3º passo: faça o agendamento no site da PF.

4º passo: pague a GRU no banco.

5º passo: paciência. Você vai com horário agendado, mas atrasa e o sistema cai loucamente. E lembre-se que os documentos apresentados têm que ser ORIGINAIS.

E o ponto mais importante: passaporte de criança NÃO tem a mesma validade do passaporte de adulto, varia conforme a idade.

0 - 1 ano: vale 1 ano.
1 - 2 anos: vale 2 anos.
2 - 3 anos: vale 3 anos.
3 - 4 anos: vale 4 anos.
4+ anos: vale 5 anos.

Agora é só esperar 1 semana para retirar o passaporte. Detalhe: cada um tem que retirar o seu, não pode pedir pra outra pessoa retirá-lo. A única exceção são crianças, que não precisam comparecer novamente na retirada.

[EDITANDO EM 23/02/2015] Agora tem que levar as crianças pra retirar o passaporte também! 

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Nossas crianças estão ficando grandes...

... o problema é quando isso acontece horizontalmente.

Não são poucas as crianças acima do peso que chegam aos consultórios pediátricos e, pior, a maioria delas nem sabem que estão gordinhas. Inclusive, quando falamos isso para as mães, quase somos chamados de loucos, porque a criança, na verdade, "é forte, doutora".

O problema é quando colocamos o peso, a estatura e o IMC (índice de massa corporal) nas curvas de referência para a idade (e olha que as curvas atuais já estão adaptadas para o cenário atual, se usássemos as curvas de Marcondes - Santo André, década de 1980 - , teríamos muito mais obesos do que já temos). Existem vários fatores que contribuem para o aumento da obesidade infantil, mas nenhum é tão marcante e decisivo no tratamento do que a família e seus hábitos.

Esta matéria da revista Crescer está bem explicativa e interessante. Volto a escrever mais quando a mocinha de casa me deixar escrever com mais de uma mão.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...