segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Rota 66?

Naooooooooo...

Depois da bronquiolite, foi a vez de outra doença muito comum nas crianças pequenas: a famigerada "virose intestinal", ou gastroenterite aguda, ou diarréia aguda viral. 

Causada por enterovirus, dos quais o mais famoso é o rotavirus, cursa com vômitos, mal estar, náuseas, diarréia, podendo ou não ter febre.  É auto-limitada (sara sozinha), mas leva rapidamente a desidratação se a criança vomitar ou evacuar muito sem receber a reidratacao adequada. E o que mata mesmo é a desidratação. Criança pequena, quando não quer tomar líquidos, não toma MESMO, seja no copo, na mamadeira, na colher ou dando com seringa na boca e, quando está muito desidratada, o que entra pela boca sai rapidamente pelo vômito. Foi por ser uma doença altamente prevalente (acontece muito), contagiosa e com altas taxas de mortalidade, que a vacina contra rotavirus foi incluída no calendário vacinal do SUS.

Como tratar?

  • Ofereça a criança goles de soro de reidratacao oral, que pode ser o dado nos centros de saúde ou os comprados na farmácia (que são mais gostosos), a vontade, insistindo após cada vômito ou evacuação líquida. 
  • Caso a criança vomite após tomar o soro oral, leve a uma unidade de saúde para que seja avaliada por um pediatra e medicada adequadamente.
  • Caso a criança pare de fazer xixi, leve a uma unidade de saúde.
  • Caso tenha uma febre que não abaixe com o uso de antitérmicos, leve a uma unidade de saúde, pois isto também é um sinal de desidratação. 
  • Ofereça alimentos, mas não force a criança a comer.
E tenha paciência... como toda virose, dura no máximo 7 dias. Aqui durou 5, com duas dias ao pronto-socorro. Hoje voltou pra escola, toda feliz. 

Ainda bem que não foi com a bebê, foi com a Fofa... Porque se essa virose fez a grande emagrecer 2 kg em 5 dias, imaginem o que não teria feito com a pequena. Agora estamos lidando com uma otite na bebê, mas nada (muito) desesperador, só não quer comerrrrrrrr!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...