sexta-feira, 24 de junho de 2016

De novo, sobre o "É rapidinho"...

Não nego que, dentre todas as postagens do blog, as mais populares são aquelas que falo sobre fórmulas infantis e leite de vaca. Também, pudera: as mães e pais são bombardeados com informações por todos os lados, sobre aleitamento materno, sobre fórmulas infantis maternizadas, sobre fórmulas de seguimento após o primeiro ano de vida e, tudo isso, somado à cultura popular do nosso país (que muitas vezes acha que um leite GROSSO vai sustentar mais...), causa um turbilhão de emoções e ansiedade que acaba com a sanidade de muitos pais.

O problema é que uma dessas postagens, o "É rapidinho", se tornou um local onde as pessoas estão tentando fazer consultas virtuais comigo!

Já expliquei, tanto no texto, como em várias passagens no blog, que NADA substitui a consulta presencial com um profissional qualificado e especializado em cuidar da criança. Claro que estimulo o aleitamento materno, mas existem situações onde ele não é possível, sendo necessária a introdução de fórmula infantil adequada, mas isso NÃO PODE ser avaliado à distância, muito menos em uma conversa de comentário de blog.

Desta forma, comunico que passarei a não responder mais os comentários da postagem "É rapidinho", pois muitas das dúvidas que estão sendo enviadas nos últimos meses já foram respondidas em comentários anteriores (mas as pessoas não lêem) ou em postagens posteriores. Consultas à distância são proibidas pelo Conselho Federal de Medicina. Posso orientar os meus pacientes, mas sempre solicitando que agendem consulta ou que procurem o pronto-socorro em caso de emergência, porém, muitas das pessoas que escrevem os comentários não são acompanhados por mim e solicitam opiniões sobre condutas de outros colegas. Isso, além de ser anti-ético, é ilegal e perigoso.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...